terça-feira, 4 de novembro de 2014

Via de pensamento!



Todo tempo...
Tempo todo!

E que minhas noites sobrevivam
Por mil pensamentos
Com ou sem direção
de ir ou não...

Sonho que permanece e que me envolve
Envolve a ponto de parar
Me traz e me leva aonde eu precisar
Onde preciso ir.

Que minhas mãos sempre te alcancem
Que elas te busquem e te achem
Não estarei no meu lugar
Mas em outro lugar
Pensamento busca onde
Eu bem entender!

Se paro...pare
Se olho...olhe
Se vivo...vive
Se acalmo...acalme
Se respiro...suspiro!

Distante estarei
Porém minha via de pensamento
Continua...a caminhar
Passos lentos...passos intensos
Passos marcantes...passos sem explicações
Que só o meu saber entende.

2 comentários:

Geninho Pereira disse...

Sempre nos pegamos em sentimentos insanos. Não importa qual direção estão tomando, ou se simplesmente não estão indo a lugar algum, são sempre sentimentos intensos apesar de seus lentos passos.

“E que minhas noites sobrevivam
Por mil pensamentos”

Tá, agora pode parar de me descrever, por favor. Rsrsrsrs

Geninho Pereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.